Saiba tudo sobre o Câmbio Automático!

Câmbio Automático

Os carros com câmbio automático oferecem conforto e suavidade para seus condutores com uma troca de marcha sem o uso de um pedal.

Mas quando se trata desse tipo de modelo, algumas variações como os câmbios automatizados e CVT podem surgir. Além da curiosidade sobre as diferenças entre eles.

Então, para sanar as dúvidas e ainda aprendermos mais sobre sua incrível tecnologia, nós escrevemos esse artigo. Por isso, continue a leitura e descubra mais sobre o câmbio automático, suas diferenças e 7 sintomas para saber se o seu modelo está com problemas.

Boa leitura!

O que é câmbio automático?

Câmbio Automático

Se você já dirigiu um carro manual, deve ter notado uma alavanca que passa as marchas certo? 

Essa alavanca tem um nome específico, que é a “Alavanca de câmbio ou manete de mudanças”, nos carros automáticos, ela se chama “câmbio automático”.

Os carros com câmbio automático não tem o pedal da embreagem como os modelos de carro com troca de marcha manualmente.

Com isso, o motorista ganha conforto com um carro que passa as marchas para ele, sem precisar pisar no pedal da embreagem.

Tipos de câmbio automático

Os carros modernos contam com novas tecnologias como os tipos de câmbios automáticos. Então para nos aprofundarmos no assunto, vamos aprender mais sobre eles.

Câmbio automático

O câmbio automático é um modelo mais moderno, e que passa as marchas com suavidade, de maneira quase imperceptível para o motorista do veículo.

Vantagens do modelo automático?

  • Esse modelo não dá tranco quando a marcha é passada errada. Diferente dos carros manuais;
  • É confortável, já que não precisa de embreagem;
  • O motorista não sente tanto cansaço quando dirige com esse tipo de câmbio;
  • Quando o carro passa a marcha, isso é feito de maneira suave e quase imperceptível;
  • O modelo é durável e desenvolvido para operar eficientemente.

As desvantagens

  • O custo de compra é maior do que os outros tipos de câmbio;
  • Gasta mais combustível pois exige muito do motor;
  • As manutenções são caras porque precisam de profissionais e oficinas específicas.

Câmbio automatizado

Câmbio Automático

O câmbio automatizado parece o tradicional modelo manual, mas com um diferencial que é o acionamento das marchas por atuadores. Em outras palavras, um robô.

Isso acontece devido aos sensores que analisam o motor do carro e enviam sinais para os atuadores.

Como exemplo de carros que usam essa tecnologia, temos o DSG e o PowerShift.

Vantagens do câmbio automatizado

  • O conforto desse modelo é maior que o manual;
  • Sua manutenção é mais simples do que os modelos modernos;
  • O preço é mais acessível que os câmbios mais modernos.

As desvantagens

  • Dependendo do modelo do veículo, pode haver atrasos nas mudanças de marcha;
  • Se o motorista não souber como dirigi-lo, ele pode receber trancos do carro.

CVT – Transmissão continuamente variável

A ideia do modelo CVT(Continuously variable transmission) é para o carro ter milhares de marchas trabalhando continuamente. E por isso o nome CVT, continuamente variável. 

Ou seja, são milhares de marchas uma após a outra, variando continuamente de acordo com o que o carro precisa.

Vantagens do CVT

  • O consumo de combustível é menor;
  • O desempenho do carro é melhor;
  • Conforto na hora de dirigir.

As desvantagens

  • É necessário um mecânico especializado para realizar a manutenção;
  • A troca do filtro de óleo precisa ser feita regularmente;
  • Os carros com esse tipo de câmbio estão entre os mais caros.
  • Não suporta alta potência.

Qual a diferença entre câmbio automático, automatizado e CVT?

Câmbio Automático

Cada um dos tipos de câmbios possui suas vantagens, desvantagens e diferenças. Agora que já falamos de seus benefícios e malefícios é hora de nos aprofundarmos em suas diferenças.

Ao contrário do que as pessoas pensam, as grandes diferenças entre esses modelos não estão nos pedais da embreagem, já que nem um deles possui um. E a alavanca de câmbio também não é uma das grandes distinções.

Mas uma das grandes diferenças entre esses tipos de câmbios, está na caixa de marcha e como ela se conecta ao motor do veículo. 

Sob o mesmo ponto de vista, outra diferença entre o câmbio automático e automatizado está no sistema de freios.

A origem do sistema também é uma diferença, onde um câmbio pode nascer automatizado como é o caso dos DSG.

Assim como ele pode passar por um processo de automatização, ou seja, quando ele é fabricado comum e depois passa a ser automatizado, como por exemplo o Dualogic, I-Motion e Easytronic da Fiat, Volkswagen e GM. 

Esses modelos eram manuais, depois sofreram adaptações e passaram a ser automatizados.

Já os modelos automático e CVT já são produzidos com esse tipo de câmbio. Logo, não é possível transformar um câmbio manual em automático ou CVT pois eles já são fabricados assim.

O câmbio automático

Nos veículos com câmbio automático a troca das marchas, quase não dá para perceber e dentre muitos os motivos, um deles é por causa do conversor de torque que fica no lugar da embreagem.

Este é um sistema hidráulico que envia a força do motor para o câmbio.

O automatizado

A diferença do modelo automatizado em relação aos outros, está muito ligada à ideia do robô trocar as marchas para o motorista.

Ou seja, os sensores do carro enviam sinais para os atuadores e dessa forma a marcha é trocada automaticamente.

O automatizado de dupla embreagem

Esse tipo de modelo mantém a ideia do robô e conta com duas embreagens, uma é para as marchas em pares e a outra para as marchas em impares.

Dessa forma a troca de marchas é feita mais rapidamente, porque enquanto uma marcha está engatada a outra já está disponível na outra embreagem.

O CVT

Nesse tipo de modelo a diferença está nas duas polias com diâmetros variáveis e uma cinta. 

Conforme essas duas polias vão mudando de posição, a cinta vai diminuindo ou aumentando sua dimensão. E dessa forma a relação das marchas é alterada.

Como saber se o câmbio automático está com problemas?

Para saber se o seu veículo com câmbio automático está com problema, nós listamos 7 sintomas que podem revelar algum defeito:

  • Câmbio patinando;
  • Trancos no câmbio;
  • Superaquecimento;
  • Barulhos;
  • Mudanças bruscas;
  • Luz no painel;
  • Manchas no chão da garagem.

Como fazer a manutenção do câmbio automático?

Câmbio Automático

Você sabia que o segundo item mais caro para se substituir depois do motor é a transmissão automática do veículo?

Além disso, quando o dono não cuida adequadamente, essas transmissões podem falhar com menos de 50.000km.

Por isso, realizar uma manutenção preventiva, além de ajudar o seu veículo a dobrar o tempo de vida dele, pode prevenir o desgaste de seus componentes.

Sendo assim, podemos resumir esse tipo de manutenção na troca de fluido dentro do prazo. E esta, vai trazer o prolongamento da vida útil do câmbio.

Como um prazo para a troca de fluido, podemos colocar em base, o valor de 30 mil km rodados para os fluidos minerais e até 50 mil km para os sintéticos.

Rodar com o carro sem realizar a manutenção preventiva não será saudável para o seu veículo, pois pode desgastar seus componentes internos e engrossar o fluido. 

Sendo assim, se o fluido do veículo ficar escuro, isso mostra contaminação e que o óleo perdeu seu poder lubrificante. Quando isso acontece, os filtros ficam entupidos e o líquido viscoso não circula bem pela transmissão.

Como resultado, o motorista pode notar o veículo tremer na troca das marchas ou ao arrancar, além da perda de rendimento.

Por isso, não perca mais tempo e faça a sua manutenção preventiva com a  Automecânica Benicar.

Nós realizamos a troca de óleo com todo o critério técnico e transparência, utilizando equipamentos que proporcionam 100% da mudança do fluido.

Por fim, garantindo a remoção de vernizes, borras e das impurezas provenientes da desagregação do óleo e dos aditivos do fluído ATF.

Então nos CHAME NO WHATSAPP e agende a sua visita! Benicar, a sua Oficina Mecânica com mais de 25 anos de tradição.

Avalie-nos
Eduardo Bello
Eduardo Bello
Analista de Conteúdo | Analista de SEO | Agencia Web Marketing

1 Comments

  1. […] manutenção, conserto, correção e troca de óleo em câmbios automáticos, são importantes para manter o carro em perfeito […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *